Reserva de Emergência: 3 fundos DI melhores que a poupança

Faça seu colchão de liquidez render mais 

O avanço das plataformas digitais ainda não foi suficiente para tirar o brasileiro da comodidade da poupança.

Fonte: Anbima – Raio X do investidor 2019

Já escutei de diversas pessoas a frase abaixo:

“O dinheiro que entra em minha conta corrente vai direto para a poupança e deixo lá pensando que posso precisar dos valores no curto prazo”.

Mas se existe uma alternativa mais rentável, mais segura e com resgate rápido também, para que deixar para o banco um dinheiro que pode ser seu? 🤔

A poupança nos últimos 12 meses rendeu em torno de 4,55%, o que pode parecer bom. De fato, é definitivamente melhor que deixar na conta corrente, onde não rende nada. Por muitas vezes essa rentabilidade é insuficiente para compensar a variação da inflação (IPCA). 👎🏻

Alternativa melhor: fundo de renda fixa simples sem taxa de administração

Esse tipo fundo tem baixíssimo risco (maior parte da carteira investida em títulos públicos – Tesouro Selic), rentabilidade diária e pós-fixada atrelada ao CDI (juros) e liquidez em D+0 (resgate imediato).

*O CDI acompanha a Selic, taxa básica de juros da nossa economia, hoje em 6% ao ano.

Conheça 3 Fundos de Renda Fixa simples sem taxa de administração:

Você pode encontrá-los nas plataformas do BTG Digital, da Órama e da Pi, respectivamente.

Não deixe na mesa um dinheiro que deve ser seu!

Uma maior rentabilidade fará grande diferença para o crescimento do seu patrimônio ao longo do tempo.

Como acompanhar sua carteira de investimentos?

Agora que já você já sabe como fazer sua reserva de emergência render mais, lembro que a diversificação dos recursos em diferentes classes de ativos e em diferentes instituições financeiras pode dificultar o acompanhamento e controle do patrimônio.

Entrar no site de cada casa e classificar seus investimentos em uma planilha de excel pode dar trabalho e tomar muito tempo.

Visando solucionar este problema do investidor, o Fliper é um aplicativo que consolida os investimentos de forma automatizada, diferente dos outros, em que os usuários precisam inputar os dados manualmente.

O app também mostra a evolução do patrimônio e a rentabilidade do portfólio, podendo compará-lo aos principais índices do mercado, como CDI e Ibovespa.

O Fliper pode ser baixado para sistemas Android e iOS.

Um abraço e bons investimentos!

Walter Poladian Filho, CFP®
Formado em administração de empresas pela FAAP, planejador financeiro certificado (CFP®) pela PLANEJAR, possui também a certificação PQO da B3 e é consultor de valores mobiliários na CVM. Com experiência de mais de nove anos no mercado financeiro, atuou como planejador financeiro na Empiricus e em passagem por duas grandes corretoras (Rico e Link), atuou como gestor da mesa de renda fixa, consultor de investimentos e operador (broker) nos mercados de ações e derivativos.

Siga-nos

Últimos artigos

Como a tecnologia pode te ajudar a investir melhor!

O uso da tecnologia trouxe democratização ao mercado financeiro na era digital. A combinação entre juros baixos (Selic na casa dos 6% ao ano e...

Fundos de Investimentos: tudo o que você precisa saber!

No mercado financeiro você tem duas alternativas: Investir diretamente nos ativos. Investir indiretamente nos ativos, por meio de um fundo de investimentos. Qual é a...

Por que resgatar seu FGTS?

Saque Imediato do FGTS De acordo com a nova regra do Governo, trabalhadores poderão sacar até R$ 500 de cada conta ativa ou inativa que...

Aplicativo reúne 1,5 bilhão de investimentos e impulsiona open...

Por Diana Cheng - 27/06/2019 - 18:34 O aplicativo Fliper possui 1,5 bilhão de investimentos mapeados e 60% de usuários com mais de duas contas cadastradas Com o...

Similar articles

Instagram