O que é uma ação?

Afinal, o que é uma ação? Que tipos de ações existem? Como comprar e vender ações?

Essas são perguntas frequentes para quem está iniciando no mercado financeiro ou simplesmente tem curiosidade sobre o tema.

A seguir vamos explicar de uma forma simples e rápida todas essas questões!

O que é uma Ação?

Ação é um título de renda variável emitido por uma sociedade anônima (S.A.), que representa a menor fração do capital de uma empresa.

Ao comprar uma ação, você se torna sócio da empresa (acionista minoritário), participando dos seus resultados. 

Participar dos resultados de uma empresa, significa correr riscos, uma vez que as empresas podem obter lucros ou prejuízos ao longo do tempo.

Ao mesmo tempo, há uma grande vantagem burocrática em se tornar sócio de uma empresa por meio da compra de suas ações.

Tudo pode ser feito online e o investidor pode se retirar da sociedade – ou seja, vender suas ações – quando quiser.

A compra de uma ação é boa para ambas as partes. Tanto pro investidor, que recebe parte dos lucros e aumenta seu capital com a valorização das ações, como pra Empresa, que recebe o dinheiro de milhares de pessoas para investir em seu negócio e potencializar seu valor de mercado.

Tipos de Ações

Ações Ordinárias (ON)

Principal característica é dar direito a voto nas assembleias
(1 ação = 1 voto).  

Códigos de negociação (tickers) com final 3

Ex.:

BBAS3 (Banco do Brasil), CVCB3 (CVC)

Ações Preferenciais (PN)

Oferecem preferência no recebimento dos resultados distribuídos pela companhia.

Códigos com finais
4, 5 e 6.

Ex.: ITUB4 (Itaú Unibanco PN), BRKM5 (Braskem PNA), CESP6 (Cesp PNB)

Units (UNT)

Ativos compostos por mais de uma classe de ações (ONs e PNs).

Códigos com final 11

Ex.: ALUP11 (Alupar), SAPR11 (Sanepar)

Tributação de Ações

IR (Imposto de Renda) nas ações:

Os ganhos líquidos auferidos em operações realizadas na Bolsa de Valores são tributados às seguintes alíquotas:

  • 15% sobre o ganho líquido para operações normais (compra e venda em dias diferentes)

  • 20% sobre o ganho líquido para operações day trade (compra e venda no mesmo dia)

Apuração mensal e o pagamento: até o último dia útil do mês subsequente.

IRRF (Imposto de Renda Retido na Fonte):

Alíquota de 0,005% sobre o valor da alienação. O imposto retido na fonte pode ser deduzido do IR sobre ganhos líquidos apurados no mês.

Como comprar e vender ações?

Para comprar e vender ações você precisa ter uma conta em alguma instituição financeira (bancos ou corretoras).

A melhor opção é por meio das corretoras de valores, principalmente considerando os custos, benefícios e diversidades de produtos que oferecem.

Saiba como comprar ações pelo Home Broker!

Veja abaixo um quadro comparativo entre as principais instituições financeiras e seus custos de corretagem e custódia:

  • Corretagem: valor cobrado pela corretora por ordem executada (compra ou venda).

  • Taxa de custódia: é o valor cobrado pela guarda de ativos na Bolsa e pelos serviços oferecidos pela corretora.

Corretoras

Corretagem de ações no lote padrão (R$)

Taxa de custódia mensal (R$)

BTG

7,90

0,00

Easynvest

10,00

0,00

Clear

0,00

0,00

Genial

5,00

10,00

Guide

14,00

16,90*

Rico

10,00

0,00

XP

18,90***

0,00

Bradesco

Variável (mín. 10,00)

14,99**

Santander

10,0 + 0,25%

30,88

Banco do Brasil

20,00

0,00

Itaú

10,00 + 0,3%

15,80

Emolumentos (taxas de liquidação e negociação): taxas cobradas pela Bolsa em ordens executadas. Percentual (%) sobre o valor financeiro da operação, de cada investidor (comprador e vendedor).

“O mercado de ações é um dispositivo para transferir dinheiro dos impacientes para os pacientes” – Warren Buffett

Credit: Photo by Nati Harnik

—————————————————————————–

Como acompanhar a evolução do seu patrimônio e controlar suas ações?

Visando solucionar este problema, o Fliper é um aplicativo que foi desenvolvido para facilitar a gestão financeira do investidor e consolidar de forma automatizada todos os seus investimentos em uma única plataforma.

Entre as principais funcionalidades do app é possível acompanhar a evolução do seu patrimônio e a rentabilidade diária e mensal do seu portfólio, podendo compará-lo aos principais índices do mercado: CDI, Ibovespa, Etc.

O Fliper ainda reúne conteúdos relevantes dos principais canais de notícias financeiras do mercado e pode ser baixado para Android e iOS.

Espero ter ajudado. Bons investimentos!

———————————————————————

Walter Poladian Filho, CFP®
Formado em Administração de Empresas pela FAAP, planejador financeiro certificado (CFP®) pela PLANEJAR, possui também a certificação PQO da B3 e é consultor de valores mobiliários na CVM. Com experiência de mais de nove anos no mercado financeiro, atuou como planejador financeiro na Empiricus e em passagem por duas grandes corretoras (Rico e Link Investimentos), atuou como gestor da mesa de renda fixa, consultor de investimentos e operador (broker) nos mercados de ações e derivativos.

Siga-nos

Últimos artigos

Fundos de Investimentos: tudo o que você precisa saber!

No mercado financeiro você tem duas alternativas: Investir diretamente nos ativos. Investir indiretamente nos ativos, por meio de um fundo de investimentos. Qual é a...

Por que resgatar seu FGTS?

Saque Imediato do FGTS De acordo com a nova regra do Governo, trabalhadores poderão sacar até R$ 500 de cada conta ativa ou inativa que...

Aplicativo reúne 1,5 bilhão de investimentos e impulsiona open...

Por Diana Cheng - 27/06/2019 - 18:34 O aplicativo Fliper possui 1,5 bilhão de investimentos mapeados e 60% de usuários com mais de duas contas cadastradas Com o...

Reserva de Emergência: 3 fundos DI melhores que a...

Faça seu colchão de liquidez render mais  O avanço das plataformas digitais ainda não foi suficiente para tirar o brasileiro da comodidade da poupança. Fonte: Anbima...

Similar articles

Instagram